Lei da Atração - O Segredo para Transformar seus Sonhos em Realidade

mudança de paradigmas

Pequenos negócios. A força do empreendedorismo feminino

LiAqui      domingo, 31 de dezembro de 2017

Compartilhe esta página com seus amigos

A força do empreendedorismo femininoAurélio Alves/Site o Povo

 

A participação da mulher no mercado de trabalho brasileiro ainda enfrenta desafios como desigualdade salarial e poucos cargos de liderança. Na área do empreendedorismo, o público feminino representa uma leve supremacia entre os empreendedores iniciais (51,5%). Porém, os homens ainda são maioria (57,3%) nos negócios em funcionamento há mais de 3,5 anos. Os dados da pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM), de 2016, apontam para a necessidade de investimento em programas de apoio a mulheres com negócios já estabelecidos.

Em Fortaleza, de 2010 a 2015, a atuação feminina no mercado formal tem sido inferior à masculina, com média de 42,7% de participação, segundo a pesquisa “Perfil da Mulher no Mercado Formal - 2010 A 2015”. O estudo foi elaborado pela Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE).

 

 

No entanto, as mulheres têm obtido maior espaço no mercado Fortaleza quando comparado ao masculino. Superior é também essa participação quanto maior for o nível de escolaridade da mulher, aponta o estudo. Entre as atividades com maior atividade feminina na Capital, estão comércio de bijuterias, artesanatos, serviços ambulantes de alimentação e vestuário. 

Para estimular o empreendedorismo feminino na Capital cearense, a Prefeitura de Fortaleza, por meio da SDE, criou o Projeto Mulher Empreendedora. A ação integra o Programa Fortaleza Competitiva.

Paulo Barbosa, coordenador de Projetos e Desenvolvimento Econômico da SDE, diz que as pesquisas realizadas pela secretaria mostram o crescimento do protagonismo da mulher nos negócios.

“Elas merecem atenção do Governo para ter maior oportunidade de igualdade”, afirma.

O projeto vai selecionar 100 propostas de negócios de empreendedoras que residem em Fortaleza, financiando a compra de máquinas, equipamentos e insumos direcionados para a criação ou ampliação de empreendimentos. O financiamento será de até R$ 15 mil, com carência de seis meses para começar a pagar 60% do valor recebido, em 15 parcelas mensais sem juros. As inscrições serão realizadas de 29 de janeiro a 2 de fevereiro de 2018, na Central de Licitações de Fortaleza (CLFOR).

 

Fonte: Cristina Fontenele para o site O Povo

Tags: Empreendedorismo , Notícias

 

 

Comentários



curso mudança de paradgimas 1.0

Recomendados para Você:


E-Mail


Parceiros :


GeraLinks - Agregador de links

Trends Tops Agregador de Links